• Guilherme Purvin

Duas poesias paridas no 9º mês de confinamento

- Guilherme Purvin -


FADO MINIMALISTA


Estudar com disciplina,

descartando a enxurrada de digressões

que de graça jorra da cabeça

é especializar-se em em tecnologia do tédio.


O produto talvez seja

uma tese de doutorado.

Mais comum virar poesia.

Ou sessão de análise.


Em meio à festa dizia Leducha:

"Prefiro Toddy ao tédio".

E eu atualizo:

"Prefiro Rita Lee a Ritalina".


Fastio fustiga,

é pior que formiga,

do que peúga furada,

do que foda enfadonha.


Mas fato é que,

se você gosta do tema,

Quanto mais entende de tédio,

menos dele se entedia


Guilherme Purvin - 26.12.2020



CAMÕES E MEU AVÔ


Amor não correspondido

é sentir dor de ferida inexistente,

é um descontentamento contingente,

é contentar-se em ser demente,

é um cuidar que se perde em se ganhar.


Amor não correspondido

é uma flor roxa

não brota em peito garrido,

só nasce no coração do trouxa.


Guilherme Purvin - 26.12.2020


16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Labir, 147